Faz tempo que foi ontem

22 Sep

Você parecia o Julian Casablancas se ele tivesse nascido no meio do mato. Seu beijo encaixava no meu como uma luva e seu braço cabia certinho na minha curva da parte pequena das costas, encaixava feito lego, se lego fosse feito de espuma. Você mal falava comigo porque não sabia mesmo falar o que prestava; mas eu prestava atenção mesmo sabendo que quando falava era só do seu umbigo. Não tinha problema nenhum, afinal, seu rosto deitou comigo por dias e anos; e décadas depois, seu abraço, seu beijo e suas baboseiras ainda cabiam certinho dentro de mim, mas só naquele espaço curto onde fica guardado o passado. Saudade nem sei se é a palavra. A nossa pele tem memória.

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: