Éramos dois

22 Jun

Você me bate pra se sentir mais forte, me cala pra se sentir mais relevante, você retalha pra se sentir justiçado. Mas injustiça eu nunca te fiz. Você bate, eu dou a outra face. Você fala, eu calo e te escuto. Retalha, eu recuo. Levanto a bandeira branca. Jogo os braços pro ar. Estou pedindo paz, você não vê? Minhas armas já estão no chão há anos.

Sempre foi assim, você se acostumou a ter que se desfazer de mim pra poder se encontrar. Aprendeu que, se eu estivesse por perto, ninguém ia te notar. Eu te fazia pequeno, mas a culpa não era minha. Eles me compararam tanto à você, que você acreditou que eu era tão especial, mas tão preciosa, que com todo o amor do mundo, o seu é que não me faria falta.

Falta.

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: