Máscara

7 Aug

Era amor.
Mas também era vício.
À princípio,
Enfileirado junto aos meus livros na estante.
Aqueles mesmos, que nunca li.
Você distante.
Seus dedos percorrendo as esquinas cheias de poeira,
Você quase me desvendou,
Eu era uma farsa.
De palavras que não eram minhas e idéias que eu decorei em contra capas,
Eu era esparsa.
Você ali, em meio àquela fumaça que só vemos em sabedoria,
Aquela coisa louca que admiração fulminante faz com a gente.
Era amor no começo,
Agora só estou doente.

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: