Nós (nos) escondemos

6 Aug

De todas as coisas que eu não sei,
Você é aquela que eu menos acredito.
Como nunca soube?
Sua nuca enquanto saía,
Eu sempre estava de saída.
Sua boca meio aberta, sempre aberta.
Minha vida desprendida,
Não queria me prender,
Não queria que me prendesse,
Nunca quis pertencer.
De todas as lembranças que eu não vivi,
Você é aquela que mais arde, até hoje.
Como nunca experimentei?
Nossos corpos mortos de manhã,
Lado a lado,
Sentimento unilateral.
O mundo inteiro lá fora,
Nossa vida juntos completa.
Nossa vida juntos, completa.
Nossa vida, juntos, completa.
Pequena.
Me escondi no seu guarda roupas pra te enxergar de manhã,
Você nunca olhou pra mim.
Nunca olhou pra trás.
De todas as coisas que eu jamais esqueci,
Sua boca, sua nuca, nossa toca.
Por que fui sair?

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: