Mau me querem

31 Jul

Eles me querem número, mas sou poesia.
Me querem cálculo, mas sou geografia.
Não sou mais, nem menos, não me divido em muitas, nem me multiplico,
Mas em qualquer forma de poema, dissertação ou de fonética me explico.
Me querem equação, sou preposição.
Me querem raiz quadrada, mas sou emoção letrada.
Meu cérebro nasceu sem saber a mínima elegância no que era racionalizar.
Esse coração bombeia contos, prosas e palavras, não dá mesmo pra negar.

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: