Procura

7 Mar

Você pode olhar pra mim e enxergar ela, mas nada muda. No fragmento de segundo que eu fingi ainda ser como era quando você me conheceu, eu no fundo sabia que não passava de vontade de voltar a ser o que éramos. Todas aquelas conversas até o amanhecer despiram uma alma que já não é mais minha e todas as vezes que você me procura, já não é aquela que você encontra.

E você continua sozinho, já que o meu eu de ontem ficou por lá.

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: