Manhã

23 Jan

Tudo é meu e tudo posso,
Dois que são um sempre começam sendo simples estranhos.
Sua mão grudou na minha sem escape e eu precisava mesmo ficar.
As palavras cada vez mais baixas, mais quentes e mais devagar.

Tudo é meu e tudo é nosso,
Como caminhada de manhã na rua que acordou com o sol do céu.
Seu sorriso sempre ali, pontual e indiscreto, secreto.
Sua vontade certeira e todas as suas palavras de amor escritas no meu teto.

Rani Ghazzaoui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: