Adeus

21 Jan

Verdade, a culpa é minha por você ir embora. A culpa é minha te deixar entrar, sentar, fazer o que quiser aqui. Minha culpa olhar pro amor com olhos tão necessitados; acabo me enganando no que é e no que deixa de ser. Culpada por querer demais e acabar aceitando – toda vez – o segundo melhor, o quase incrível, o que chegar primeiro.
Tenho culpa, não nego, mas me desculpa, dessa vez não vou ser meio feliz.
Adeus.

Rani Ghazzaoui – 17/11/11

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: