Mudo

17 Jan

Sabe aquele dia em que as palavras simplesmente não vêm? Parece que elas se escondem nas esquinas dos meus pensamentos e me deixam assim, de boca aberta sem absolutamente nada a dizer.
Escrevo uma palavra no papel e ela foge, tento imaginar a história de nós dois e ela some, cantar aquela música do Vinícius e é como se no meu repertório de hoje só existisse Kelly Key.
Às vezes eu penso que o silêncio é uma benção, que ele ocupa o lugar da bagunça como ninguém e aconchega tudo o que existe de alma em todas as pessoas do mundo. Só que eu sou mesmo um ser humano atípico, atordoado, cheio de mágoas e alegrias pra berrar alto por aí. Aí então não há de ser pra mim nem de brincadeira o silêncio uma virtude.
A verdade é que se há eco aqui alguma coisa definitivamente não vai bem.

Rani Ghazzaoui – 20/01/09

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: